Bloggers Bleggers Blum!

Tem dias que eu tô bloggers daí aparece uns bleggers e eu fico blum mesmo!

Diário da Reforma – 3 meses e a fase do QUASE




Nem parece que já se passou 3 meses desde que começamos a nossa empreitada.

Como disse no post anterior, o problema do telhado atrasou a obra em 1 mês e estourou o orçamento em R$ 15 mil. Se não fosse por isso, agora estaríamos na fase da mudança de volta para casa. (será?)

Além do mais, o inverno atípico faz parecer que São Pedro está contra nós: onde já se viu chover tanto assim nessa época do ano? Mas tudo bem… Melhor assim do que aquele inverno seco e cheio de queimadas.

Mas é claro que a chuva – mesmo com o telhado 100% concluído há pelo menos 1 mês e meio, ainda é pretexto para que os pedreiros faltem, mesmo que todo o trabalho agora seja apenas interno. Junte isso a esposa, filhos, gatos, cachorros, passarinhos doentes… Tudo é motivo para faltar ou chegar com muitas horas de atraso. Isso gerou muita insatisfação e alguns conflitos nas últimas semanas.

QUASE amigos
Os pedreiros brigaram entre si. Quase não se falam. Mal trocam bom dia ou boa tarde. Um não pega mais carona com o outro e nunca se sabe quando um virá ou o outro inventará alguma história pra faltar, já que ambos decidiram que não precisam mais dar satisfação um pro outro. E a gente fica perdido no meio disso tudo, presenciando às vezes até troca de farpas.

Janelas QUASE corretas
O pessoal na Sasazaki ou bebe ou come cocô, só pode ser. Depois de escolhermos as janelas para o banheiro e a área de serviço pelo site e pelo catálogo do fabricante na loja, ao fazer o pedido, descobrimos que uma das janelas não é mais fabricada (embora no site diga que sim) e aí foi um suplício entender como instalar essa janela usando uma gambiarra, porque agora a Sasazaki só vende no sistema de gambiarra essa janela. Ok, problema superado… Mas a janela da cozinha veio errada. Foi cagada do vendedor da loja.

O que mais está desgastando nesse processo todo é que eu pesquiso, já levo tudo pronto, impresso, explico uma, duas, três vezes, confiro se está tudo certo, mas sempre tem um tonto que não presta atenção no que faz e acaba saindo cagada. Nas outras vezes eu mandei refazer, mas na janela eu acabei deixando quieto, pois teria que ser feita nova encomenda, que atrasaria mais ainda a obra. Financeiramente não sofremos prejuízos, apenas a janela não é a que eu queria, mas também não é o fim do mundo.

Cozinha e área de serviço QUASE azulejadas
Finalmente o dilema do piso e dos revestimentos acabou! Vimos tantas coisas bonitas e a preços convidativos, que muitas dúvidas surgiram e adiamos o máximo que pudemos para tomar a decisão. Mas assim que tomamos, tivemos a certeza de que era isso mesmo que queríamos e ficamos muito satisfeitos com as escolhas. Pisos, revestimentos, rejuntes e argamassas comprados. Hora da entrega. Tudo ok, exceto pelo revestimento do banheiro (que não é o mesmo do box), que atrasou e só chegará amanhã. Mas enquanto isso a cozinha e a área de serviço foram sendo azulejadas e só não estão 100% revestidas porque ainda precisa assentar o piso para que a última fiada de revestimento seja colocada. E como a preguiça manda, é melhor usar a área de serviço pra ficar fazendo massa (ainda se fosse de bolo, né?) do que dar mais 30 passos e terminar de vez esses cômodos.

Uma dica legal é que não se iluda com os preços de grandes redes de lojas de material de construção. Encontrei em uma loja local (Center Ville) o mesmo piso que na C&C (marca e modelo) de R$ 2,00 a R$ 3,00 mais barato o m². Então fique de olho e pesquise bastante antes de comprar.

Banheiros QUASE azulejados
Sem o revestimento total dos banheiros, o jeito foi revestir os boxes, pois esse revestimento é diferente do resto do banheiro. Não vou mostrar fotos para não estragar a surpresa. A partir de agora só mostrarei quando ficar tudo pronto. E que alegria! Os banheiros e a área de serviço com a cozinha são meus maiores xodós! Modéstia à parte, estou muito feliz com o projeto que desenhei e com os pisos e revestimentos que escolhemos: está tudo ficando muito bonito!

Instalação elétrica QUASE pronta.
Caramba, como isso irritou! Todas as vezes que pedíamos pros pedreiros terminarem as partes que precisavam ser feitas, para que o eletricista pudesse fazer a parte dele, eles não acatavam a ordem, e inventavam outras coisas pra fazer. O resultado disso é que o eletricista já foi na obra três vezes e não conseguiu terminar a parte dele. Mas digamos que agora ela está 90% pronta, e pelo menos se tem luz na casa – e a escuridão pelos dias chuvosos não poderá mais ser usada como desculpa para assentar pisos e revestimentos tortos, ou deixar de vir trabalhar.

Obra

Parte externa QUASE rebocada
A parte de alvenaria da suspensão do telhado precisa ser rebocada. Mas nos passos lerdos de tartaruga que a coisa anda, apenas 3 das 11 paredes estão prontas. Quem sabe quando o Papai Noel chegar em dezembro ele ajude a terminar essa parte…

Sonho da banheira de hidromassagem QUASE realizado
Após muitas pesquisas e continhas, achamos uma que coube no nosso orçamento e no nosso banheiro, pois a maioria das banheiras que víamos eram de 1,70m ou 1,80m e eu queria uma de 1,50m, mas acabei aceitando uma de 1,60m mesmo. O mais absurdo é que essa banheira de 1,60m é mais cara do que a de 1,80m! Veja se tem cabimento isso… Enfim… A banheira está comprada (e o aquecedor também), mas o prazo que deram para entregar é muuuuuitoooooo loooooongooooo… Ela só vai chegar no mês que vem. Do jeito que a obra anda a passos lentos, capaz dela chegar e ainda esperar até o ano novo até ser instalada… Mas tudo bem. A banheira compramos na Dicico, onde somos muito bem atendidos pela Nice. Só compramos com ela.

Então, queridos leitores do blog, como vocês podem ver, a obra está QUASE pronta, QUASE na fase da pintura, QUASE na hora de colocar os pisos, QUASE na hora de chamar o gesseiro, e quantos mais QUASES (existe essa palavra: quases?) vocês possam imaginar. Como podem perceber, nossa paciência está QUASE se esgotando. A única coisa que não pode acontecer é o QUASE pagamento, porque aí o bicho pega pra capar!

Até agora aprendi que é preciso ter muita hora nessa calma, porque muita calma nessa hora não está dando mais pra ter… huahaiahuahaia

Até uma QUASE próxima vez! XD

RSS 2.0 | Trackback | Comentar

Comentarios desabilitados.